Textos - Entendendo a Puberdade

INFÂNCIA

Entendendo a Puberdade

Com a entrada na puberdade o jovem começa a observar a si e o mundo de forma diferente do que vinha experimentado. Preocupa-se com muitas coisas e sua atenção fica prejudicada. É comum a oscilação de humor, há uma preocupação com o corpo em transformação, com a escola, com o grupo de amigos, etc.

A noção do tempo fica abalada por outras necessidades que são proeminentes nesta fase, por isto, conversar com um amigo (a) pode ser uma conversa de muitas horas, o que torna comum nesta fase o uso excessivo do telefone e computador.

Como recém-chegado a esta nova fase, que traz maiores exigências, o jovem sente-se inseguro, ainda não sabe qual o melhor jeito de lidar com as demandas deste seu novo momento.

A bagunça do quarto retrata o que se passa no seu interior, uma fase em que sente que a organização infantil foi mexida e tenta se organizar dentro deste novo período.

É normal que o jovem prefira ficar mais isolado da família, ele quer ficar sozinho, quer pensar em todos estes novos interesses.

É importante que a família respeite sua necessidade de privacidade, porém é necessário que os pais não deixem de aproveitar momentos para estar mais próximo, para conversar, orientar e sentir com este jovem está.

Com paciência, é importante que os pais ajudem este jovem a organizar-se. É fundamental que ao ajudar o jovem os pais respeitem suas escolhas e estimulem o pensamento, pois assim este processo de organização será produtivo e o jovem se sentirá mais valorizado.

Rosângela Martins
Psicóloga
CRP 07/05917






Localização dos Consultórios:
Centro Histórico de Porto Alegre:
Rua Gen. Andrade Neves, 155 conj. 63 – Centro - Porto Alegre - Telefones: (51) 3225.1171 e (51) 98337.4242

Atendimento de segunda à sábado
rosangelamartinspsicologa@gmail.com
Desenvolvido por Brainstorm Soluções Inteligentes | www.bstorm.com.br