Textos - Educar

ADULTO

Educar

É de grande importância pensar a forma como se educa uma criança.

A formação da autoimagem e a qualidade dos recursos emocionais que a pessoa precisará para superar os inúmeros desafios ao longo da vida se fundamentam na educação recebida.

A obediência com base no medo gerará um adulto frágil.

É importante desde cedo ensinar a criança a pensar. Estimula-la a refletir sobre seu comportamento e sobre as diferentes situações, ajudando que expresse alguma opinião sobre o que está acontecendo. Tal atitude estimula a inteligência emocional, pois desenvolve maior capacidade de percepção de suas emoções, do meio e naturalmente uma melhor habilidade frente às adversidades da vida.

A criança tem excelente capacidade de percepção e tem boa disposição a prender quando é conduzida com segurança e afeto.Questiona aquilo que sente não ter coerência. Portanto, educar uma criança vai exigir do adulto que ele se reveja constantemente com relação a suas atitudes e seus atos.

É construtivo que haja uma lógica na repreensão frente a um mau comportamento. Se a criança fez bagunça deve organizar ou participar da organização. Se gastou toda a mesada deverá esperar receber novamente para dispor do dinheiro.

Se o ato corretivo esta desvinculado do problema que a criança gerou ela não aprenderá a lição e sentirá raiva e ressentimento. Como por exemplo: Ficar sem ver tv por que desobedeceu a uma regra.

Educar dá trabalho, pois exige atenção, disposição e sensibilidade. No entanto a recompensa é muito grande ao ver-se formar seres capazes não só de obter benefícios próprios, bem como de contribuir para a saúde da humanidade.

Rosângela Martins
Psicóloga
CRP 07/05917






Localização dos Consultórios:
Centro Histórico de Porto Alegre:
Rua Gen. Andrade Neves, 155 conj. 63 – Centro - Porto Alegre - Telefones: (51) 3225.1171 e (51) 98337.4242

Atendimento de segunda à sábado
rosangelamartinspsicologa@gmail.com
Desenvolvido por Brainstorm Soluções Inteligentes | www.bstorm.com.br